História da Igreja do Evangelho Quadrangular

Por favor, FAÇA LOGIN ou CADASTRE-SE para curtir
IMAGEM

Fundação da Igreja

 Aimée Semple McPherson, uma evangelista conhecida como “Irmã      Aimee”, fundou a Igreja do Evangelho Quadrangular em 1° de janeiro de  1923, em Los Angeles, Califórnia, com a inauguração da sede internacional  Angelus Temple, que tinha capacidade para cinco mil pessoas. Nos  primeiros meses, sete mil pessoas se converteram a Jesus. Trinta dias  depois, foi inaugurado o Instituto de Treinamento Evangelístico e  Missionário e uma sala de oração, consagrada e tendo como base o  versículo “orai sem cessar”. Aimée dirigia 21 cultos por semana,  participava de eventos públicos e parava completamente as ruas de Los  Angeles, diretamente para o Angelus Temple.

Quando irmã Aimée concluiu seu ministério, em 1944, a presidência do  movimento Quadrangular e da Cruzada Internacional de Evangelização passou para seu filho Rolf K. McPherson, que serviu ao corpo diretivo por 44 anos. A mudança da liderança não desacelerou o progresso. Ao contrário. Sob sua responsabilidade, o movimento passou de 400 igrejas para mais de 10 mil.

Com o objetivo de expandir-se ainda mais, alcançar comunidades no mundo todo e ecoar as palavras escritas na pedra angular do Angelus Temple, que dedica seus membros ao evangelismo universal interdenominacional, a Igreja Quadrangular formou a Fraternidade Pentecostal da América do Norte, em 1948, em uma aliança com a Assembleia de Deus, a Igreja de Deus, a Open Bible Standard Churches, a Igreja Internacional Pentecostal de Santidade, entre outras. Hoje, já existem igrejas Quadrangulares em todos os Estados norte-americanos, além de outras tantas espalhadas por 146 países.

 

 

Chegada ao Brasil